Público-alvo e Objetivo

O FUNDO é destinado à captação de recursos de investidores pessoas físicas, sujeitos a limites de aplicações estabelecidos pelo ADMINISTRADOR, doravante designados, coletivamente, COTISTAS ou, individualmente, COTISTA.

Política de investimento

O FUNDO é classificado como fundo de investimento em cotas de fundos de investimento Multimercado e investirá, no mínimo, 95% (noventa e cinco por cento) de seu patrimônio líquido em cotas de fundos de investimento cuja política de investimento consista em aplicar seus recursos, preponderantemente, em debêntures de infraestrutura que atendam aos critérios de elegibilidade previstos na Lei nº 12.431 de 24 de junho de 2011 (“Ativos de Infraestrutura” e “Lei 12.431/11”, respectivamente), que venham a ser selecionados pela GESTORA e que atendam os requisitos deste Regulamento, podendo utilizar estratégias nos mercados de títulos públicos, derivativos e títulos privados, além de outros ativos financeiros disponíveis no âmbito do mercado financeiro e de capitais, buscando proporcionar aos seus cotistas retorno de capital no longo prazo, sem perseguir uma correlação com qualquer índice ou benchmark específico.

Características do Fundo

  • Classificação de risco
    Alto
    Classificação CVM
    Multimercado
    Subclasse CVM
    N/A
    Tipo ANBIMA
    Multimercado Estratégias Estratégia Específica

Condições Comerciais

  • Aplicação inicial
    R$ 5.000,00
    Movimentação - aplicação ou resgate
    R$ 1000,00
    Saldo mínimo
    R$ 1000,00
    Tipo de cota
    Fechamento
    Carência
    Não há
    Cota de aplicação
    D+0
    Cota de resgate
    D+4 dias úteis
    Débito em conta corrente
    D+0
    Crédito em conta corrente
    D+5 dias úteis (no processamento noturno)
    Taxa de administração
    1,15 % a.a.
    Taxa de performance
    Não há
    Taxa de ingresso
    Não há
    Taxa de saída
    Não há
    Horário limite para aplicação e resgate
    Até as 13:00h

Prestadores de Serviços

  • Administrador Fiduciário
    Banestes S.A.
    Gestor
    Banestes DTVM S.A.
    Custódia, Controladoria, Escrituração de cotas
    Banestes S.A.
    Distribuição
    Banestes S.A.
    Auditor externo
    BDO RCS Auditores Independentes

Tributação

  • IOF

    Imposto sobre Operações Financeiras - os percentuais do IOF são decrescentes conforme tabela válida para todo o mercado. Há incidência sobre o valor dos rendimentos, quando a aplicação for efetuada por prazo inferior a 30 dias. Saiba mais na Tabela de incidência de IOF

    IR

    Os rendimentos e ganhos líquidos auferidos pela carteira do Fundo são isentos do imposto sobre a renda (IR) e sujeitam-se a alíquota zero de Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores de os resgates Mobiliários (IOF). O Administrador e o Gestor, ao aplicar o disposto no regulamento no tocante à política de investimento do Fundo, buscarão perseguir o tratamento tributário aplicável na forma da Lei nº 12.431/11 e incorrerá nas seguintes alíquotas de imposto sobre a renda, incidente sobre os rendimentos dos cotistas do FUNDO, conforme o prazo das respectivas aplicações:

    i) 0% (zero por cento), quando (a) pagos, creditados, entregues ou remetidos a beneficiário residente ou domiciliado no exterior, que realizar operações financeiras no País de acordo com as normas e condições estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional, exceto em país que não tribute a renda ou que a tribute à alíquota máxima inferior a 20% (vinte por cento); e (b) auferidos por pessoa física.

    Na hipótese do descumprimento dos limites previstos na Lei nº 12.431/11, em um mesmo ano-calendário, por período superior a 90 (noventa) dias consecutivos ou alternados ou em mais de 3 (três) ocasiões distintas, os rendimentos auferidos pelos cotistas a partir do dia útil imediatamente posterior à data do referido descumprimento estarão sujeitos às alíquotas de IR aplicadas aos fundos classificados como de longo prazo, considerados aqueles cuja carteira de títulos tenha prazo médio superior a 365 dias.

    Assim, neste caso os rendimentos auferidos pelos cotistas sujeitam-se à incidência do IR no último dia útil dos meses de maio e novembro de cada ano (come-cotas), a alíquota de 15%, ou por ocasião do resgate, às seguintes alíquotas:

    Prazo de Permanência e Alíquota do IR
    Prazo ¹ Alíquota Básica ² Alíquota Complementar ³ TOTAL
    0 até 180 15,00% 7,50% 22,50%
    181 até 360 15,00% 5,00% 20,00%
    361 até 720 15,00% 2,50% 17,50%
    Acima de 720 15,00% 0,00% 15,00%
    ¹ - Prazo em dias corridos;
    ² - Incide na fonte, sendo aplicada, semestralmente nos meses de maio e novembro;
    ³ - Será aplicada em função de permanência por ocasião do resgate de cotas.

    No caso de alteração da composição ou do prazo médio da carteira que implique que o Fundo permaneça com o prazo médio da carteira igual ou inferior a 365 dias, para fins de tratamento tributário, o Fundo passa a ter tratamento de curto prazo. Neste caso, os rendimentos auferidos pelos cotistas sujeitam-se ao come-cotas à alíquota de 20% e às seguintes alíquotas:

    Prazo de Permanência e Alíquota do IR
    Prazo ¹ Alíquota Básica ² Alíquota Complementar ³ TOTAL
    0 até 180 20,00% 2,50% 22,50%
    Acima de 180 20,00% 0,00% 20,00%
    ¹ - Prazo em dias corridos;
    ² - Incide na fonte, sendo aplicada, semestralmente nos meses de maio e novembro;
    ³ - Será aplicada em função de permanência por ocasião do resgate de cotas.

    Os cotistas sujeitam-se, ainda, ao IOF nas aplicações resgatadas com prazo inferior a 30 dias, incidente a alíquota de 1% ao dia, sobre o valor do resgate, limitado ao rendimento da aplicação em função do prazo de acordo com uma tabela regressiva. Os cotistas que não estiverem sujeitos à tributação aplicável, em função de isenção, de imunidade, de alíquota zero ou de medida judicial devem apresentar ao administrador a documentação comprobatória de sua condição.

    Caso o FUNDO não esteja enquadrado às disposições da Lei nº 12.431/2011, o GESTOR buscará manter o prazo médio da carteira do FUNDO superior a 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias. Contudo, Não há GARANTIA DE QUE O FUNDO TERá O TRATAMENTO TRIBUTáRIO PARA FUNDOS LONGO PRAZO.

Documentos do Fundo

Comunicado aos Cotistas